segunda-feira, 24 de junho de 2013

LYA LUFT

Alex  Alemany
 
" Talvez  eu  não precise  saber o que fazer .
Talvez  não haja nada para ser entendido .
O mar vai e vem , e vem e vai ,
e no seu tumulto permanece ,
enquanto nós humanos  lutamos ,
queremos descobrir ,
achamos que sabemos - e a um embate de
água e espuma  tudo se desmancha
como se nem tivesse existido .
Castelos de areia ,
 bichos formados com conchas e ilusão .
Como dizia minha Vovinha ,
 isso de realidade é bobagem :
 cada um inventa a sua ,
o avesso pode ser o certo ,
no espelho  pode estar a vida ,
e tudo aqui fora ser um sonho ." 
 
Lya  Luft
no romance ,  " O tigre  na  sombra " 
 
Som  na  caixa ...
 

16 comentários:

  1. Seria interessante se esta visão fosse verdadeira. Um grande texto!

    ResponderExcluir
  2. Lya Luft me encanta com sua escrita , sempre .
    É bom tê-la por aqui , Ana .
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!Bom dia
    Marisa
    Parabéns por ter compartilhado Lya Luft. Gosto muito dela. Leio todos os artigos dela na Veja.
    ...sobre: cada um inventa a sua realidade, só sei que dizem, também, que em boa parte das vezes o que chamamos de realidade são nossas fantasias ...que reinventam a realidade.E cada um fantasia de uma forma e responde segundo os seus padrões internos ,diversos...
    Obrigado pelo carinho de sempre
    Bela semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Uauuuu... que lindo. É mesmo, realidade cada um faz a sua. Lya Luft é grande escritora. E parabéns pela sua percepção. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom que também tenha gostado , Carlos . Obrigada

      Excluir
  5. Primera vez que escucho su nombre, cuánto me falta por leer, y el tiempo se termina.
    Lo único que lamento al final de mi vida, es, los libros que no alcancé a leer. La idea que tengo del paraíso es una gran biblioteca, con una eternidad para leer todo lo escrito por el hombre. Hermoso trozo de literatura.
    Abrazos estimada amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estarei , com certeza , ao seu lado na biblioteca do paraíso , Rubén .Lá poderei admirar também os seus belos trabalhos . Sempre me alegra sua visita , amigo . Obrigada

      Excluir
  6. Felisberto ,

    Concordo com a Lya Luft quando nos diz que o mar vai e vem e vem e vai , exatamente como a sucessão dos nossos dias , algumas vezes alegres e outras tristes .
    Beijos e boa semana , amigo

    ResponderExcluir
  7. OI MARISA!
    LYA LUFT, É UM LUXO!
    BOA ESCOLHA AMIGA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim , Zilani . Lya Luft é um luxo . Quando os amigos aprovam nossa escolha é uma alegria . Obrigada pela companhia . Beijos

      Excluir
  8. Seria tão bom que aqui fora tudo fosse um sonho... mas as vezes é um tormento. Lindo poema querida Marisa. Um bj e obg por seu carinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma poeta sensível como você me deixa contente com a visita e o comentário . Muito obrigada , Nádia . Beijos

      Excluir