sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

RAINER MARIA RILKE

Y . JULÏZ

( ...)

"Não  é  frequente  que algo muito grande se condense 
tanto   que uma mão  , uma impotente mão , possa segurar
por inteiro . Tal como quando alguém  encontra um pequeno
pássaro  sedento . Você o retira da beira da morte , e o 
coraçãozinho  pulsa cada vez mais na mão quente ,
trêmula , como as ondas mais externas de um mar gigante 
cuja praia é você . E , com esse  animalzinho que se 
restabelece  , você subitamente  percebe que a vida se 
restabelece da morte . E você  o  ergue .
 Gerações de pássaros e todas as florestas  sobre as quais
eles passam , e todos os céus aos quais subirão .
E  isso tudo é fácil assim ?
Não : você é muito forte em carregar  o que há de 
mais pesado em tal hora ."

in , " Cartas do poeta sobre a vida : a sabedoria de Rilke "

Som   na  caixa ...
  

36 comentários:

  1. Beleza,Marisa! Muito legal de ler! bjs, ótimo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Nossa Marisa, que trecho mais lindo! Eu adoro Rilke e vivi exatamente essa experiência que ele descreveu recentemente, no sítio, quando um passarinho se chocou com a vidraça e caiu desfalecido no chão. Eu o peguei e vi que estava vivo, fui colocando gotinhas de água em seu bico e ele foi engolindo e lentamente acordando.
    Ficou um tempão quietinho em minhas mãos enquanto se recuperava e depois voou.
    Foi uma emoção incrível...um assombro diante da grandiosidade da vida.
    Não conhecia esse livro dele, embora tenha quase toda sua obra. Vou procurar.
    Bjs
    P.S. Estou sorteando um livro da Martha Medeiros, quem sabe você ganha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiane , você ter vivenciado esta experiência foi uma dádiva . Perfeita epifania . Parabéns ! Obrigada pela visita e quem sabe eu ganhe o livro que você generosamente está sorteando no seu blog . Beijos

      Excluir
  3. ESTE ESCRITOR É MARAVILHOSO. TENHO SUAS CARTAS A UM JOVEM POETA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana , estava com saudade . Obrigada por vir , mais uma vez . Concordo com você quanto a incrível escrita de Rilke . Beijos .

      Excluir
  4. Querida amiga

    Além de recolher a inspiração
    deste maravilhoso espaço
    de sentimentos e amizade,
    aproveito a visita para convidá-la
    a partilhar a alegria,
    de ouvir um poema de minha autoria
    musicado em Minas Gerais.

    O mesmo se encontra no meu blog
    www.sonhosdeumprofessor.blogspot.com.br

    e para mim,
    ter este poema
    escutado por pessoas
    que fazem do mundo virtual,
    um mundo melhor,
    será um tributo a felicidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aluisio , parabéns pelo poema musicado . Obrigada por partilhá-lo conosco . Beijos

      Excluir
  5. R. M. Rilke é um grande poeta, e desconhecido de muita gente. Este poema é belíssimo. Não , não é fácil fazer uma ave voltar à vida, mas às vezes é muito mais simples do que pode parecer. Ou seja, temos poderes em nós que raramente pomos ao dispor dos outros.
    Muito belo, Marisa!
    E "Oh Happy Day" é uma maravilha, também.
    Um belo post.
    Bom fim de semana.
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura , realmente Rilke é pouco conhecido de muitos . É uma pena , concorda ? Escolhi com carinho poema e música e fico contente que tenha aprovado . Beijos .

      Excluir
  6. Por vezes penso não sermos capazes de medir de maneira alguma o verdadeiro peso de nossas ações vida afora.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadinho , acredito que vamos aprendendo a cada dia o poder da nossa força interior . Obrigada. Beijos

      Excluir
  7. Respostas
    1. Carlos , realmente o poeta nos presenteou . Beijos

      Excluir
  8. Querida Marisa,

    Sinto saudades suas e de muitos amigos blogueiros.
    Tenho visitado raramente, comentado pouco, mas porque há 2 anos fico brigando com a OI Velox sobre a velocidade de minha internet. Moro numa ilha e não tenho opções para mudar e melhorar. Comecei a colocar no Twitter e Facebook a velocidade testada em programa oficial que recebo. Navego e escrevo com dificuldades, levo horas para fazer um postizinho a toa. Não se esqueça de mim, porque nos ultimos anos a companhia de voces amigos blogueiros tem sido um balsamo na minha vida.

    Obrigada,

    Fada Sissym
    (neste caso, não consigo fazer magicas)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sissym , adorei que tenha escrito .Estava saudosa . Leio seu blog frequentemente mas , não tenho conseguido inserir meus comentários . Impossível esquecê-la , amiga . Beijos e boa semana

      Excluir
  9. Ese corazón que late cada vez con más fuerza y nos hace pensar que con nuestra Energía y Cariño podemos encender, de nuevo, una Vida que está a punto de desvanecerse.
    Maravillosas Cartas do poeta sobre a vida : a sabedoria de Rilke.
    Me ha encantado esta fenomenal entrada, al igual que el video de Sister act oh happy day.
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
  10. O poema me encanta , como a você Pedro Luis . Fico agradecida que , igualmente , tenha gostado da música por mim escolhida . Boa semana . Beijos

    ResponderExcluir
  11. Obrigada, Marisa, por estes deliciosos momentos !


    Bem haja, amiga !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico alegre em partilhá-los com os amigos , São . Beijos .

      Excluir
  12. OI MARISA!
    PALAVRAS QUE NOS DÃO A DIMENSÃO DO QUANTO É IMPORTANTE ACREDITAR E NÃO DESISTIR NUNCA.
    A POUCOS DIAS VI O FILME DO POST MUSICAL, ADOREI.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zilani , é grande meu contentamento . Obrigada . Beijos .

      Excluir
  13. Olá Marisa,
    você sempre nos presenteando com postagens de sonho.
    Aqui eu "vi" o verdadeiro milagre da preocupação com o outro e o empenho em proporcionar seu bem estar.
    Belíssima e imortal música que nos recorda.

    bjn amg

    ResponderExcluir
  14. É gratificante este retorno dos amigos , Carmem . Obrigada . Beijos

    ResponderExcluir
  15. A sabedoria de Rilke
    E o presente da Marisa.
    Obrigado!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  16. Uma relação desigual, a do homem com o pássaro. Por vezes o homem cai em si, esquecendo a sua arrogância, e consegue rever-se na sua humildade. É então que os milagres acontecem.

    Um beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito seu comentário , AC .
      Agradeço sua vinda .
      Beijos

      Excluir
  17. Sempre amo seus vídeos musicais, sempre com uma bela seleção.
    E quanto ao seu texto, boa reflexão para se fazer comparativo com a vida.
    Grande abraço,
    Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra , há muito não vinha me visitar e me deixa , assim , muito contente.
      Obrigada . Beijos

      Excluir
  18. Boa tarde, suas palavras são enormes na transmissão da motivação necessária para todas as horas e minutos.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. António , escolher as palavras de Rilke me fizeram bem .
      Obrigada .
      Beijos

      Excluir
  19. Belíssimo e profundo este texto/poema de Rilke.
    Sabemos que o mundo está cheio de desumanidade. Mas também conhecemos a imensa humanidade de inúmeras pessoas. E eu acredito que "temos o milagre na mão" - assim o escrevi num poema...
    OBG, Marisa, pela partilha. Façamos os dias felizes...
    BJO :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Odete , faço minhas suas palavras : " Façamos os dias felizes ..."
      Obrigada . Beijos

      Excluir
  20. Os poetas estão sempre a dizer-nos mais do que imaginamos. E com Rainer Maria Rilke não é diferente. Nossas mãos também servem para que a enchamos de pássaros para devolver-lhe a vida.
    Beijos, Marisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Saudosa de seus comentários , José Carlos . Obrigada . Beijos

      Excluir