segunda-feira, 3 de agosto de 2015

DESEJO-TE TEMPO ...

Salvador  Dali 

" Não  te  desejo todos os bens do mundo .
Apenas  te  desejo  aquilo de que gosto mais :
Desejo-te  tempo - para sorrires , para rires .
Usa-o  bem - podes vir a conseguir .

Desejo-te  tempo  para ações  e pensamentos .
Não  só para ti , mas também para os outros .
Desejo-te  tempo , não para pressas e correrias ,
Mas  para te instalares aí , onde pertences
acima de tudo .

Desejo-te  tempo , não para esbanjares ,
Mas  para teres  e conservares , deixando 
algum de sobra .`
Para  te  emocionares  perante  a vida ,
para  confiares no seu curso ,
Em vez de seguires o ritmo inflexível  das horas .

Desejo-te  tempo para alcançares as estrelas .
E  tempo para cresceres , para seres  quem  és .
Desejo-te  tempo para  esperanças  novas ,
para  amares de novo .
Pois não adianta deixar este tempo para depois .

Desejo-te  tempo para te encontrares ,
Para  encher cada dia , cada hora ,
de  alegria .
Desejo-te  tempo  para esqueceres o
que precisas .
Desejo-te : tempo  para  viveres ."

Elli Michler 
poeta  alemã , nascida em 
1923 e morta em 2014 


Som  na  caixa ...


    

23 comentários:

  1. Não conhecia essa poeta!Linda poesia! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica , recebi este poema de uma amiga e tendo gostado bastante , resolvi partilhá-lo .
      Beijos e obrigada pela visita .

      Excluir
  2. Oi Marisa,
    Mais uma poesia maravilhosa que eu não conhecia...
    Que desejo mais precioso para alguém do que o tempo?
    Vou procurar conhecer essa autora.
    Ah...E Maria Betânia fazendo a Oração ao Tempo, sublime!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiane , também me encantou o poema com o desejo de ofertar tempo , bem tão precioso , à alguém .
      Gosto demais da voz e da interpretação de Maria Bethânia e pensei na música do Caetano como pano de fundo .
      Contente com sua visita .
      Beijos

      Excluir
  3. Olá Marisa! Fiquei muito feliz com a tua visita e, principalmente, por teres te tornado seguidora do nosso humilde espaço. Isso somente aumenta a minha responsabilidade de melhorar tudo aquilo que crio e escrevo. Espero que voltes mais vezes, pois será sempre um prazer renovado. Eu, particularmente, aqui voltarei, pois, além de teres um espaço interessante e bastante aconchegante, tomei a liberdade de me tornar teu seguidor, isso até quando permitires, é claro.

    Quanto ao post, Belo e profundo poema! Adorei, com ênfase para a estrofe abaixo:

    Desejo-te tempo para ações e pensamentos . Não só para ti , mas também para os outros . Desejo-te tempo , não para pressas e correrias , Mas para te instalares aí , onde pertences acima de tudo .

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  4. Rosemildo , bom que tenha vindo . Desejar tempo para alegria é um dos desejos que pontuo . Abraços

    ResponderExcluir
  5. Linda poesia Marisa..
    Obrigada pelas palavras deixadas em meu blog.
    Bjs com carinho.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gosto muito do poema , também , Carmen . Visitar seu blog é sempre um prazer . Beijos

      Excluir
  6. Uma bela poesia deste poeta alemão que atravessou a 2ª Guerra Mundial e viveu até aos nossos dias.
    Gostei de ouvir a Oração da Maria Bethânia, com uma bela interpretação.
    Um abraço e bom Domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francisco , me alegra que tenha gostado do post , Francisco . Agradeço a visita . Abraços

      Excluir
  7. Respostas
    1. Bom quando os amigos gostam , Lisette . Beijos

      Excluir
  8. A imagem, a poesia, a canção... Quanta coisa boa em um só post!
    Abraço, Marisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sua aprovação me deixa cheia de alegria , Anderson . Venha sempre , é com carinho que procuro o que publicar . Abraços .

      Excluir
  9. Oi Marisa! Retornando para agradecer a tua visita e amável comentário, assim como desejar uma ótima semana para ti e para os teus.

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  10. Olá Marisa,

    Gostei demais desta poesia. Estou saindo de férias exatamente por refletir sobre os danos que o "ritmo inflexível das horas" nos causa quando deixamos de reservar um tempo para nós, para o lazer, para o caminhar descompromissado, para acarinhar a alma e, sobretudo, viver.
    "Tempo... és um dos deuses mais lindos..." Sempre bom ouvir a Bethânia.

    Obrigada e até breve. Vou viajar e pretendo voltar em setembro.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vera Lúcia , aproveite todo o tempo
      de suas merecidas férias . Saúde e alegria . Beijos

      Excluir
  11. Boa tarde, linda poesia no tempo certo, o tempo corre, é vida sem parar, desejo que o tempo me dei tempo.
    AG

    ResponderExcluir
  12. António , quero e desejo tempo saudável a todos . Grande abraço .

    ResponderExcluir
  13. Soberbo poema. Desejar tempo para tudo o que a poeta refere, é, de facto, o melhor presente.
    Parabéns pelo conjunto da postagem.
    Bjo, Marisa :)

    ResponderExcluir
  14. Tempo, o melhor presente. Só nos damos conta disso quando ele já está se despedindo de nós. Desejo tempo para mim e para todos, para que possamos conseguir ser felizes antes que ele se despeça de nós.

    ResponderExcluir