segunda-feira, 7 de setembro de 2015

REFLEXÃO DE HOJE ....

Anna & Elena  Balbusso 

"Às  vezes  não há nenhum aviso .
 As coisas acontecem em segundos .
Tudo muda .
Você está vivo .
Você está  morto .
E  as  coisas  continuam .
Somos  finos como papel .
Existimos por acaso  entre as percentagens , temporariamente .
E esta é a melhor e a pior parte , o fator temporal .
E não há nada que se possa fazer sobre isso .
Você pode sentar no topo de uma montanha e meditar por
décadas  e nada vai mudar .
Você pode mudar a si mesmo  para ser aceitável  mas talvez
isso também esteja errado .
Talvez pensemos demais .
Sinta  mais , pense menos ."

Charles Bukowiski 
in , " O capitão saiu para o almoço  e os marinheiros
tomaram conta do navio " 

Som  na  caixa ...

20 comentários:

  1. As coisas realmente acontecem sem aviso, tudo muda...Lindo poema! Ótima semana! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica , conforme o autor " somos finos como papel " , não é ? Obrigada pela visita . Beijos

      Excluir
  2. Oi Marisa, obrigada pelo carinho pelo meu aniversário.

    Este post é denso! Nos lembra de que só temos o momento presente e precisamos aproveitar.
    Adorei a imagem.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiane , é o " carpem die " , que devemos seguir , concorda ? Parabéns mais uma vez pelo aniversário . Beijos

      Excluir
  3. Gostei desta bela reflexão minha amiga.
    E pode-se concluir que é perigoso os almoços dos capitães hehe.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francisco , bom que tenha vindo e gostado . Abraços

      Excluir
  4. Querida amiga Marisa

    Como dizia Renato Russo:
    - Ninguém sai vivo daqui...

    Então, vivamos o dia
    com sua interrogação
    e sua brevidade...

    _______________________________

    Desejo que desejes ser feliz.
    Toda felicidade do mundo
    começa com um simples desejo de alegria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aluisio , viva o Renato Russo . Fico alegre quando vem . Abraços .

      Excluir
  5. Tudo muda muito rápido.... Bjbj Lisette.

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde, é uma bela reflexão, vivemos sem saber o que nos pode acontecer, estamos sempre sujeitos ao inesperado.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. António , concordo . O inesperado está no nosso caminho . Abraços .

      Excluir
  7. Olá, Marisa.
    É mesmo assim: hoje vivo, amanhã não - de repente, não mais que de repente.
    Talvez não devamos pensar tanto. Eu não queria pensar tanto.
    Só sentir. mas sentir coisas boas =)
    bjn amg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carmem , eu também não queria tanto pensar . Somos muitos a refletir sobre a benção de viver o hoje . Beijos

      Excluir
  8. Oi Querida Marisa!
    Viver o precioso presente com os instantes
    ricos do essencial...
    Adoro este presente aqui no teu espaço (casa),
    rico de arte essencial (imagem, texto,música...).
    Um domingo precioso!
    beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço o comentário generoso , Suzete . A casa está sempre aberta esperando os sensíveis e queridos amigos , como você . Beijos

      Excluir
  9. Realmente Marisa, Belo e próprio para reflexao. Foi pensando nisso que escrevi a baboseira abaixo:

    O HOJE É MAIS SEGURO

    O ontem de hoje não retorna, é passado,
    O amanhã de hoje é incerto, é futuro.
    Prefiro o ontem do amanhã, presente e sagrado,
    Que é o hoje, não passou nem é escuro.
    O passado passou e o futuro é ignorado,
    Viver a felicidade do hoje é mais seguro.

    Fiquei feliz com a tua visita e o teu comentário deixado no nosso Arte & Emoções. Volte sempre!

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
  10. Rosemildo , que presente nos dá com seu poema . Muito obrigada . Abraços .

    ResponderExcluir
  11. "Sinta mais, pense menos", um sedutor convite.

    Um beijinho, Marisa :)

    ResponderExcluir
  12. Estou de pleno acordo , AC .
    Obrigada por vir ao meu espaço .
    Beijos

    ResponderExcluir