domingo, 14 de fevereiro de 2016

POEMA DE HOJE ...

Anna  & Elena  Balbusso 

" Se  partires não me abraces - a falésia que se encosta 
uma vez ao ombro do mar  quer ser barco para sempre 
e sonha com viagens  na pele salgada das ondas .

Quando me abraças , pulsa nas minhas veias  a convulsão
das marés e uma canção desprende-se da espiral dos búzios;
mas  o meu sorriso tem o tamanho do medo de te perder ,
porque o ar que respiras  junto de mim  é como um vento 
a corrigir  a rota do navio . Se partires não me abraces -

o teu  perfume preso  à minha roupa  é um lento veneno 
nos dias sem ninguém - longe de ti , o corpo não faz 
senão enumerar as próprias feridas ( como a falésia conta
as embarcações  perdidas  nos gritos do mar ) ; e o rosto
espia os espelhos  à espera de que a dor desapareça .
Se me abraçares , não partas . "

Maria do Rosário Pedreira 

Som  na  caixa ...

30 comentários:

  1. Gosto muito da poesia da Maria do Rosário Pedreira.
    Mais uma vez escolheu bem, Marisa.

    Um beijinho :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita da Maria do Rosário Pedreira me emociona . Ela estará sempre por aqui . Obrigada pela visita , Ac . Beijos

      Excluir
  2. Lindo um belo poema.
    Gostei de ouvir a Amy Winehouse.
    Um abraço e bom Domingo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Francisco , que bom ter gostado . A voz da Amy Winehouse é belíssima e muito me agrada . Obrigada . Abraços .

      Excluir
  3. Poesia linda, bem escolhida! Obrigadão pelo carinho! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica , eu é que agradeço sua vinda aqui . Beijos

      Excluir
  4. Se me abraçares,não parta.
    É difícil deixar partir quem amamos, ainda mais no aconchego de um abraço.
    Linda poesia.
    Um abraço, Sônia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sônia , a colocação das palavras nos envolvendo em cada situação é o que me encanta na poeta escolhida . Beijos

      Excluir
  5. Que beleza de versos! Eu os li e reli com o mesmo encantamento. Gostei demais de sua escolha. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marilene , quando nossa escolha é bem-vinda nos alegra . Obrigada . Beijos

      Excluir
  6. Querida Marisa,
    Adorei o poema, grandioso!!!
    E a música que encanto de voz (tenho
    este DVD dela), a nossa sintonia
    de aquariana!...rss
    Uma semana solar de pura alegria
    para ti, querida!
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estas aquarianas estão mesmo em sintonia , não é Suzete ? Fico contente . Beijos

      Excluir
  7. Olá Marisa,

    Que lindeza de poema!
    Este é daqueles que é impossível ler uma única vez.

    Que voz maravilhosa da Amy! Uma perda lamentável.

    Obrigada pelo carinho lá no meu Recanto.

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vera Lúcia , o poema espelha a dor da partida e a voz da Amy sugere um lamento na música que faz pano de fundo . Bom que tenha lhe agradado . Beijos

      Excluir
  8. Em troca desse belo texto, deixo uma quadra do folclore açoriano.

    Não te vou ver partir,
    Nem sei a que horas te vais.
    Deixa-me o teu nome escrito
    Numa pedrinha do cais.

    Feliz semana, meu bem :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A quadra que nos deu de presente é doce como sua visita carinhosa , São . Muito obrigada . Beijos

      Excluir
  9. Bom dia, belo poema, a partida causa a dor do amor, o video com a maravilhosa voz da Amy Winehouse é maravilhoso.
    AG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada , António . Fico alegre que tenha gostado . Abraços .

      Excluir
  10. Belíssimo poema, no estilo único e inconfundível de Maria do Rosário Pedreira, uma poetisa com um talento fantástico! E a fechar o post com chave de ouro, Amy Winehouse, uma voz que partiu cedo demais.
    Excelente, Marisa!
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você sabe como me encantam seus comentários , Laura . Obrigada . Beijos

      Excluir
  11. Excelente escolha, um poema maravilhoso.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os poemas da Maria do Rosário Pedreira deixam todos que os conhecessem extasiados , não é ? Agradeço a visita , Maria . Beijos

      Excluir
  12. OI MARISA!
    LINDO DEMAIS, BELA ESCOLHA.
    ABRÇS

    http://. zilanicelia.blogspotcom.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tão bom ter gostado , Zilani . Agradeço a visita .

      Excluir
  13. Gosto imenso da poesia da Maria do Rosário Pedreira. E a escolha é excelente.
    Bom fim de semana, amiga Marisa.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. É bom partilhar com amigos a beleza dos poemas de Maria do Rosário Pedreira , Obrigada , Jaime . Beijos

    ResponderExcluir
  15. Conheço a MRP como coautora de uma série de livros juvenis mas menos da sua obra poética.
    Uma ótima escolha (pela beleza e emoção do pema), Marisa, assim como a imagem e o som.
    Bjo :)

    ResponderExcluir
  16. Maria do Rosário Pedreira me encanta e me emociona , Odete . Fico contente com sua visita . Beijos

    ResponderExcluir