domingo, 10 de julho de 2016

QUANDO EU TIVER SETENTA ANOS

Arif  T. Korkmaz

" quando eu tiver setenta anos 
então vai acabar esta adolescência 

vou largar a vida louca 
e terminar minha livre docência 

vou fazer o que meu pai quer 
começar a vida com passo perfeito

vou fazer o que minha mãe deseja 
aproveitar as oportunidades 
de virar um pilar da sociedade 
e terminar meu curso de direito 

então ver tudo em sã consciência 
quando acabar esta adolescência "

Paulo Leminsk 

Som  na  caixa ...




18 comentários:

  1. Que linda poesia de Leminski. E como parece ontem que estava eu tão longe dos 70.. Ando quase nos 68 já! Assim, logo, logo! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica , o importante é sermos eternos adolescentes , não é ?
      Beijos

      Excluir
  2. Querida Marisa,

    A grande poética do Paulo Leminsk
    recheada com a sua originalidade,
    irreverência e ironia no caminho dele,
    na sua voz poética inconfundível.
    Agora o som, fiquei impressionada
    com a nossa sintonia "aquariana",
    neste final de semana assisti e
    ouvi o DVD duplo dos Beatles (50
    anos), e aí a nossa sintonia
    existe ou não?...rss
    Adoro voar aqui, no espaço
    da minha amiga de sintonia Marisa.
    Grata por este momento aqui!
    Beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzete , que nossa sintonia perdure .
      Feliz com sua vinda ,amiga aquariana .
      Beijos

      Excluir
  3. Uma delícia, amiga! Sorri com esta "irreverência" poética.
    Parabéns também pela escolha musical.
    BJO :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Odete , gosto bastante da "irreverência " do poeta . Sua aprovação me deixa contente .
      Beijos

      Excluir
  4. OI MARISA!
    EU, COMO A ODETE, SORRI AO LER ESTE TEXTO, EM PARTE É BOM SABER QUE PODE-SE PENSAR ASSIM.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zilani , a criatividade do poeta nos faz pensar que é muito bom haver tempo até os 70 ...
      Beijos

      Excluir
  5. Lindo espaço... traduz uma escritora de alma...
    Convido a seguir meu blog: http://guerreirafeliz.blogspot.com.br/
    Abraços!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elisabete , gostaria de ser escritora como a maioria dos amigos que me acompanham .No entanto , sou apenas
      uma leitora que gosta de partilhar o que me toca a alma .
      Já estou seguindo seu blog .
      Abraços .

      Excluir
  6. ⊱✿.*☆*.¸✽ ¸.*♡*.✿⊰✽⊱✿.*☆*.¸✽¸.*♡*.✿⊰✽ ⊱✿.*☆*.¸✽¸.*♡*.✿⊰
    Boa Tarde Marisa!! Que belo texto!
    Vim bordar um recadinho no seu cantinho para desejar um ótimo início de semana para você e sua família!
    Venho convidar você e seus amigos para assistir ao vídeo novo que está lá no meu canal :https://www.youtube.com/watch?v=EM5U5pxaspk
    Ficarei muito feliz com sua visita, sua curtida e seu comentário!!
    Desde já muito obrigada!!
    Beijos no ♥
    http://hildasbordados.blogspot.com.br/
    ⊱✿.*☆*.¸✽ ¸.*♡*.✿⊰✽⊱✿.*☆*.¸✽¸.*♡*.✿⊰✽ ⊱✿.*☆*.¸✽¸.*♡*.✿⊰

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro seus bordados , Hilda .
      Muito obrigada .
      Beijos

      Excluir
  7. Uma adolescência onde tudo cabe, tudo se protela, em nome da nega ao que nos é oferecido...
    Mais um excelente post, Marisa, a sua sensibilidade não tem fronteiras.

    Um beijinho :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AC , você sabe que sua opinião é muito importante e me deixa sensibilizada .
      Agradecerei sempre .
      Beijos

      Excluir
  8. Excelente escolha, um lindo poema e uma música belissíma.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria , é gratificante quando os amigos gostam do que postamos .
      Obrigada .
      Beijos

      Excluir
  9. Gosto dessa música e ler Paulo Leminski.
    Planos e sonhos que a adolescência interna permite...
    Ótima escolha.
    Um abraço,
    Sônia

    ResponderExcluir
  10. Magnifico e belo tributo aos Beatles que nunca passam de moda.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.
    Andarilhar

    ResponderExcluir