domingo, 9 de julho de 2017

LYGIA FAGUNDES TELLES

Anna & Elena  Balbusso 

Após  30 dias longe daqui e do espaço de vocês ,
devido a trabalho árduo , estou voltando .
Partilho neste reencontro  , texto da escritora
 Lygia Fagundes Telles , que  do alto de seus 94 anos , 
 continua firme , lúcida e sonhadora , 
como convém a todos nós .

" Me alinhei ao lado dos humildes   e descobri
que não era bastante  humilde para ficar ao lado
deles , falsa a minha curvatura , falso o despojamento .
Me alinhei ao lado dos fortes e vi que não era
suficientemente  forte para sustentar por mais
tempo  aquela arrogância , representava planar
sobre os outros  porque acreditei que assim não
seria esmagada pelo rolo compressor .
Teria que subir acima deste rolo , pisar nele
- ah , meu Deus , mas era isso o que eu queria ?
Não , também não era isso .
Quis  ficar só para ser verdadeira , 
agora  queria apenas ficar só e então sonhei 
que era uma rainha num coche desgovernado ,
em vão chamei por alguém  que eu sabia
 por perto  , onde ?
E o coche rodando para trás , para os lados ,
sem cavalos  e sem cocheiro .
Consegui descer e encontrei uma gata cor de mel 
com seu gatinho , me  aproximei enternecida ,
e o pai ?  perguntei e apareceu um leão de juba
desgrenhada e olhar de pedra .
Corri , tinha uma mulher na casa mas a mulher
gesticulava  e não podia fazer nada enquanto o 
leão ia fechando o cerco , acordei com as pisadas
na minha retaguarda .
Mas quem  me detesta  tanto assim  para me 
atacar  até no sonho ?     quis  saber e  nesse
 instante   vi  minha imagem refletida no    espelho . "

in , " A Disciplina do Amor "

Som  na  caixa ...





18 comentários:

  1. Ela é maravilhosa e que lindo e reflexivo texto esse! Adorei! Bjs praianos, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica , saudade de você . Também gosto muito da Lygia Fagundes Telles . Beijos

      Excluir
  2. Palavras lindas e video.
    Bjs Marisa,obrigada pela visita e uma ótima semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carmen , estava precisando visitar os amigos . Me abastecer de coisas bonitas . Obrigada pela troca . Beijos

      Excluir
  3. Achei esse texto fenomenal.
    Muito bem escolhido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana , bom que tenha apreciado minha escolha . Agradeço sua presença . Saudade . Beijos

      Excluir
  4. Obrigado pela partilha é um excelente texto.
    Gostei bastante de ouvir a Marisa Monte.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que agradeço sua visita , Francisco . Abraços .

      Excluir
  5. Minha querida amiga,

    A profundidade e simbologia literária
    da grande Lygia Fagundes Telles nos
    proporciona pousar na fragilidade
    da condição humana...
    A imagem escolhida belíssima e tão
    apropriada.
    A música escolhida da adorável
    Mariza Monte a homenagear o profeta
    gentileza no mundo-momento tão
    esquisito, sem solidariedade e
    gentileza.
    Adorei este momento aqui, minha amiga.
    Saudades e gosto muitooo de ocê (como
    se diz na minha terrinha..rss)
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suzete , conheci Lygia Fagundes Telles há muitos anos . Eu começava a faculdade de direito e numa festa do centro acadêmico nos sentamos à mesma mesa . Ficava atônita ouvindo a escritora , uma mulher à frente de seu tempo. Renderei sempre minhas homenagens a ela . Também , me deixa feliz a presença de amigos queridos , como você , que abrilhantam meu espaço . Beijos e obrigada .

      Excluir
  6. Uau! Marisa que texto incrível...
    Adoro a Lígia.
    Que bom que conseguiu uma brecha na agenda para postar! Espero que as coisas se acalmem um pouco.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Cristiane , também espero que meu trabalho me ofereça mais folga para visitar os amigos e partilhar o que gosto . Obrigada . Beijos

    ResponderExcluir
  8. Obrigado por esta linda partilha.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderExcluir
  9. Maria , é bom quando os amigos chegam e gostam das publicações . Obrigada . Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá, excelente partilha ao lado dos humildes, neste seu regresso, a imagem é linda, assim, como, o texto.
    Resto de boa semana,
    AG

    ResponderExcluir
  11. Agradeço suas palavras e visita , António .
    Bom final de semana . Abraços

    ResponderExcluir
  12. Que maravilha de poema nos ofereceu, Marisa!
    Grato, vou guardar estas palavras da Lygia.

    Um beijinho :)

    ResponderExcluir
  13. Também guardo as palavras da Lygia . Muito obrigada pela visita , Poeta . Beijos e boa semana .

    ResponderExcluir