segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Mais Pessoa ...

 
" Nascemos  sem saber  falar e  morremos   
sem ter  sabido dizer .
Passa-se  nossa  vida  entre  o   silêncio de quem
está  calado  e o silêncio de quem  não  foi
entendido  , e em torno disto ,  como uma abelha
em  torno de onde não há flores  , paira incógnito
um inútil destino ."
 
 
Fernando  Pessoa  , in " No jardim de Epícteto "

6 comentários:

  1. Muy cierto lo que dice el poeta.
    Gracias Marisa por tu bello comentario en mi blog.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seus trabalhos são muito bons, Rubén .
      Grata pela visita .
      Abraços

      Excluir
  2. "Eu amo tudo o que foi,
    Tudo o que já não é,
    A dor que já não me dói,
    A antiga e errônea fé,
    O ontem que dor deixou,
    O que deixou alegria
    Só porque foi, e voou
    E hoje é já outro dia."

    ResponderExcluir
  3. Bonito , não Lais ?
    Obrigada pelo poema e , principalmente, pela visita . Saudade . Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olá boa noite, tudo bem com você?
    Hoje vim lhe visitar para lhe fazer um convite, você é seguidora do meu blog "Sabores e Cores" o que muito me deixa feliz, mas esse blog esta com problemas, estou tendo dificuldade pra postar, entre outras coisas, então estamos começando de novo.
    Então vim lhe convidar para fazer parte nesse novo começo, no "Culinária do Xuchu" espero ter você comigo lá ...
    http://culinariadoxuchu.blogspot.com.br/ - Conto com você!
    Já o "Sabores e Cores" em breve será desativado. Agradeço sua compreensão.
    Receba nosso Carinho,
    R&M

    ResponderExcluir
  5. Vou acompanhá-los , com certeza .
    Abraços

    ResponderExcluir