domingo, 13 de janeiro de 2013

DE MÃOS VAZIAS

Carlos Oviedo
 
" Imitando Eugénio  cheguei ao pé de ti de mãos vazias
e  ao verso onde só por descoragem  não lês o teu  nome ."
 
Miguel-Manso

4 comentários:

  1. Simplicidade, intensidade e beleza em tão poucas palavras. Bjus Marisa!

    ResponderExcluir
  2. Nádia ,
    Quando amigos poetas , como você , gostam do que seleciono para publicar me incentivam .
    Obrigada .
    Beijos e ótima semana

    ResponderExcluir