quarta-feira, 26 de março de 2014

ESQUECER COMO

Roman   Velichko

" Esquecer como :
rosa 
vinho
orgasmo

Esquecer  como :
grito
ferida 
raiva 

Esquecer como :
pele
faca
 lágrima

Esquecer  como :
morte
dor 
viagem  "


Maria Teresa Horta ,
nascida em Lisboa  ,
aos 20 de maio de 1937 ,
escritora , jornalista , poeta ,
co-autora  das " Novas Cartas
Portuguesas " 

Som  na  caixa ...

34 comentários:

  1. Olá Marisa,
    Belo poema você nos traz, aliás coleção linda tem aqui.
    Abço amigo

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz com mais uma companhia , Carmem . Venha sempre , procuro com carinho o que postar . Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não há como esquecer. Façamos uma mistura, quem sabe caiba tudo. Beijo Marisa

    ResponderExcluir
  4. Esquecer como, quando carrego todas as transformações geradas pelos encontros e desencontros? É difícil. Mas cada um vive a seu modo a experiência de ter perdido algo ou alguém muito importante em suas vidas.
    Beijo querida,
    Denise – dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isto mesmo , Denise . Como esquecer ? Beijos

      Excluir
  5. Esquecer como?
    É o que nos mostra Maria Teresa Horta no poema MALA DOS LIVROS

    Eu levo comigo a mala
    de transportar os meus livros
    a poesia mais amada

    Voando com a Elisabeth
    com a Hilda e com a Adpelia
    ao longo da madrugada

    De tanto mar navegado
    tanto oceano cindido
    de saudade resgatada

    Modo de ir e voltar de rasurar
    e partir de os levar e trazer
    a dormir na mesma mala.

    Beijos, Marisa!

    ResponderExcluir
  6. José Carlos , muito obrigada por vir e nos presentear com mais um poema de Maria Teresa Horta .
    Palavras dela numa entrevista : " A literatura salva . Costumo dizer às pessoas que leiam um poema por dia , não custa nada . Ficam iluminadas . E a vida muda por dentro ."
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. Sim , Nita . Penso que não conseguimos . Beijos

      Excluir
  8. Marisa,,

    voce é como uma outra amiga (espanhola), apresentam muita cultura literária de grande valor. Sempre é um prazer ler o que voce compartilha.

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Sissym , conforme palavras da poeta , também a mim a literatura salva . Por não possuir o dom , como você e outros escritores e poetas que tenho alegria em seguir , publico o que toca minha alma . Fico feliz quando vocês aprovam . Obrigada . Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Marisa!
    Impossível esquecer tudo o que nos faz ser o que somos, porque tudo nos fica gravado no corpo ou na alma.
    Impossível esquecer Maria Teresa Horta e o seu papel na literatura portuguesa. M.T. Horta escreveu com Maria Isabel Barreno e Maria Velho da Costa (As Três Marias) as "Novas Cartas Portuguesas", essa obra de denúncia da situação das mulheres em Portugal, da repressão política e religiosa e sobre as injustiças da guerra colonial. Um livro em tom intimista também sobre o prazer feminino e a sua relação com o corpo, daí ter sido considerado "obsceno" e até "pornográfico".
    O livro, de 1972 foi proibido e lançado um processo contra as autoras, processo que foi suspenso devido a uma movimentação internacional, mas as represálias só acabariam depois da revolução em 1974.
    Esta é uma das autoras que eu conheço e muito admiro, ainda hoje uma mulher extraordinária em tudo que faz e diz.
    Adorei esta escolha, Marisa, e gosto muito da voz da Diana Krall.
    xx

    ResponderExcluir
  11. Laura , agradeço seu comentário . Sua visita é aguardada , sempre . Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá, Marisa
    Boa noite
    Maria T.Horta, bela escolha!
    Se quisermos compreender o que nos motiva a fazer as coisas, talvez compreender o que nos faz esquecê-las, paradoxalmente, pode ser um bom começo!
    Obrigado pelo carinho, belo final de semana, beijos!

    ResponderExcluir
  13. Felisberto , bom ter gostado . Obrigada . Beijos

    ResponderExcluir
  14. ¡¡¡Es tan dificil esquecer!!!
    Una maravilla de Poesía y de Escritora que no conocía.
    Concisa y llena de Sensaciones.
    ¡¡¡Obrigado por estar siempre ahí!!!
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Pedro Luis , estou feliz que tenha voltado e com muita saúde . Também , por ter lhe apresentado à Maria Teresa Horta . Beijos

    ResponderExcluir
  16. ola marisa,
    hoje passo por aqui para agradecer seus lindos comentários viu...bela pessoa generosa atenciosa vc é!!!

    ResponderExcluir
  17. Belo poema: diz tudo que não se pode esquecer! Grande escolha, para compartilhar...Obrigada!
    Beijos,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lúcia , contente por ter vindo e gostado de minha escolha . Obrigada . Beijos

      Excluir
  18. A recíproca é verdadeira , Ricardo . Obrigada . Beijos

    ResponderExcluir
  19. Não se esquece nada...beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  20. É mesmo assim , Lisette . Beijos e boa semana .

    ResponderExcluir
  21. Suas poesia é uma flor de doze pétalas brilhantes! abração

    ResponderExcluir
  22. Ives , o poema da Maria Teresa Horta , postado , foi do agrado de muitos . Bom que eu tenha feito esta escolha, não é mesmo ? Agradeço a visita . Abraços

    ResponderExcluir
  23. Marisa,
    que bela a lembrança de aqui colocar a Maria Teresa Horta, mulher/escritora admirável!
    Ando com muito pouco tempo para a internet, mas amo vir aqui saborear doces doses de poesia. Se não fora a poesia há muito já teria enlouquecido!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  24. Jussara , também acho que a poesia nos salva . Você e muitos que me acompanham sabem fazê-la . Minha vereda consiste em lê-la , publicá-la e partilhá-la. Obrigada pela visita . Beijos

    ResponderExcluir
  25. Oi Marisa, obrigada pela visita e pelo carinho, fico muito feliz que tenha gostado do nosso trabalho, ele é feito com amor.
    Gostei muito do seu blog: textos, imagens e músicas excelentes! Também te sigo
    Seja sempre bem vinda ao Mulheres em Círculo
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha vindo e gostado , Cristiane . Sigamos uma a outra , então . Partilhando o que nos faz ser a cada dia melhores . Beijos

      Excluir
  26. Boa noite Marisa , lindo poema e que música maravilhosa vc nos brindou ,bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você também gostou , Cris . Que alegria . Beijos

      Excluir
  27. Imagem, poema, música... Belíssima composição. Seu blog é um excelente espaço!

    ResponderExcluir
  28. Estou lisonjeada com seu comentário , Anderson . Muito obrigada . Beijos

    ResponderExcluir