sábado, 12 de abril de 2014

AMOR , SEMPRE ...

Jim  Chul  Kim 

" Não  importa  o  que  se  ama .
 Importa  a matéria desse  amor .
 As  sucessivas  camadas  de  vida  que 
se atiram para dentro desse  amor .
As  palavras  são  só  um  princípio -
 nem sequer o princípio .
Porque  no  amor os  princípios , os meios , os fins ,
são apenas fragmentos  de uma história que continua 
para  lá  dela , antes  e  depois do sangue breve  de
uma vida . Tudo serve  a essa obsessão de  verdade
a que chamamos  amor .  O sujo , a luz , o áspero ,
o macio , a falha , a   persistência . "

in ,  "Fazes-me  falta" 
da jornalista e escritora portuguesa
Inês  Pedrosa  

Som   na  caixa ...


36 comentários:

  1. Boa tarde,Marisa GIGlio!

    Quero parabeniza-la pelo lindo post!
    Obrigado por compartilhar essa maravilha.
    Abraços
    Sinval

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinval ,
      É com alegria que recebo seu elogio .
      Obrigada .
      Venha sempre .
      Abraços

      Excluir
  2. Que passagem linda!
    Já li muitos autores portugueses, e sempre ouvi maravilhas da Inês Pedrosa, mas nunca a li, acho que chegou a hora…
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiane , não deixe de ler Inês Pedrosa .
      Você gostará bastante , com certeza .
      Beijos

      Excluir
  3. Amor é o que ou à quem se amou. E o que ficou, que em nós deixou. Lindo.
    Um beijo Marisa

    ResponderExcluir
  4. O amor é sempre o grande sobrevivente!
    Tenho uma afinidade com Inês Pedrosa; ela publicou o primeiro texto na revista Crónica Feminina aos doze anos, eu publiquei o primeiro texto na Crónica Feminina aos treze anos. Tratava-se de um concurso para escrever uma carta. Eu escrevi uma carta para a minha avó, ganhei os 500 escudos, o que na altura era bom dinheiro. Além disso, a filha de Inês também se chama Laura...:-) Meras curiosidades!
    Bela música!
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura , é muita responsabilidade com escritores que me acompanham , como você , selecionar o que postar .
      Saber que aos 13 anos ganhou um concurso literário e teve seu texto publicado é prazeroso . Parabéns ! Sua afinidade com Inês Pedrosa deixa meu espaço mais brilhante .
      Muito obrigada .
      Beijos

      Excluir
  5. A essência do amor,traduzida em palavras! Lindos, o texto e o o som da caixa...
    Bom domingo, Marisa, beijos,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  6. Olá,Bom dia,Marisa,
    Inês Pedrosa
    Penso que compreender uma palavra, uma ideia, um conceito não basta para definir o amor. O amor, para cada um/a, será profundamente diferente em função de sua história pessoal de suas próprias experiências... as sucessivas camadas de vida que se atiram para dentro desse amor... ele, o amor, é construído sobre a própria dualidade de cada ser...o amor sempre foi o de criar esses rompimentos do que já sabemos e a partir daí, tudo muda, torna-se impossível ignorar para seguir fazendo como sempre ... e sempre deu tão certo...
    Obrigado pelo carinho, bom domingo e semana,beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felisberto , comungo com a escritora quando afirma que o importante são as camadas de vida que se atiram para dentro do amor .
      Obrigada por estar sempre presente neste espaço deixando suas impressões .
      Beijos :

      Excluir
  7. O que importas é o amor... é amar... sempre!
    Lindo Marisa, um bj amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nádia ,
      Amor , sempre .
      Simples assim .
      Beijos

      Excluir
  8. Marisa,
    Para lá da matéria do amor, importa, acima de tudo, a forma como se cultiva esse amor.
    (Por aqui navega-se sempre em águas profundas)

    Beijo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poeta , só posso agradecê-lo pelas generosas palavras .
      Beijos

      Excluir
  9. Ai Marisa, hoje era tudo o que eu queria dizer: fazes-me falta!
    Beijo querida,
    Denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Denise ,
      Muitos fazem-nos falta , não é ?
      Beijos

      Excluir
  10. "Fazes me falta" é um livro maravilhoso. Aliás, a prosa de Inês é de cabeceira. De uma inventividade a toda prova e este recorte mais que perfeito. As tuas escolhas são um caminho para se conhecer uma boa literatura. O teu olhar é clínico, de quem sabe das coisas e as partilha.
    Beijos, Marisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Carlos ,
      Quando um professor universitário e poeta de mão cheia , como você , me elogia tenho necessidade de a cada post melhorar .
      Foi o que disse à Laura .
      É muita responsabilidade mas continuarei a selecionar com carinho o que gosto e fazer a partilha com os amigos .
      Obrigada , sempre .
      Beijos

      Excluir
  11. Porque no amor os princípios , os meios , os fins , são apenas fragmentos de uma história que continua para lá dela...
    E precisa afirmar mais alguma coisa?
    Adorável.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo , Malu .
      As palavras de Inês Pedrosa definem bem o que se entende por amor .
      Beijos

      Excluir
  12. Como decía el Poeta Mexicano Amado Nervo:
    "Ama como puedas, ama a quien puedas, ama todo lo que puedas. No te preocupes de la finalidad de tu amor."
    Preciosa Entrada y aleccionadora Reflexión sobre este Sentimiento que todo lo puede.
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro Luis ,
      Agradeço a visita e a citação do poeta Amado Nervo .
      Sempre bom tê-lo neste espaço , meu amigo .
      Beijos

      Excluir
  13. Respostas
    1. Bom saber que gostou , Elzinha . Venha sempre . Beijos

      Excluir
  14. O amor, esse eterno e insondável caleidoscópio...

    bjos

    ResponderExcluir
  15. Isto mesmo , Mateus . Agradeço sua vinda . Beijos

    ResponderExcluir
  16. Marisa: o que nos faz bem..sempre deixa um vazio...e ao mesmo tempo nos completa...que bom encontrar algo tão emocionante por aqui.abraços bem carinhosos a ti nesse dia quase santo.

    ResponderExcluir
  17. Lia , muito obrigada pelo carinho . Beijos

    ResponderExcluir
  18. bons caminhos e belas palavras neste texto marisa!!!

    ResponderExcluir
  19. Fico feliz que tenha gostado , Ricardo . Beijos

    ResponderExcluir
  20. Boa noite Marisa , que sua Páscoa seja recheada de muito amor ,bjs.

    ResponderExcluir
  21. Obrigada , Cris . Uma Páscoa alegre e abençoada a você e família . Beijos

    ResponderExcluir
  22. Por amor vale tudo..feliz Páscoa beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  23. Agradeço muito e retribuo seus desejos , Lisette . Beijos

    ResponderExcluir