domingo, 24 de agosto de 2014

FILHOS ...

photo " net " 

" Filho  é  um  ser  que nos emprestaram  para um curso
intensivo  de como amar alguém  além de nós mesmos;
 de como  mudar  nossos piores defeitos  para darmos 
os melhores exemplos  e de aprendermos a ter coragem .
Isso mesmo !
Ser  pai ou mãe  é o maior ato de coragem  que 
alguém  pode ter , porque é se expor a todo tipo de
dor , principalmente da incerteza  de estar agindo
corretamente e do medo de perder algo tão amado. 
Perder ? Como ?
Não é nosso recordam-se ?
Foi apenas um empréstimo ." 

Este  texto que muito me agrada , tem circulado 
pela  WEB  e ,  erroneamente  atribuído a  Saramago .
A Fundação José  Saramago já se manifestou
negando-lhe  a autoria .
De quem será ?
Quanto à música do som na caixa , 
  " Aos Nossos Filhos ",
 com certeza , 
foi composta por  Ivan Lins e Vitor Martins ,
e interpretada  pela saudosa
Elis Regina . 

Som  na  caixa ...

26 comentários:

  1. Também tenholido como se fosse de Saramago.

    Alguém pensou e escreveu ainda melhor sobre o filho.

    Uma partilha emotiva.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente que tenha gostado , Pérola . Beijos e boa semana .

      Excluir
  2. Oi Marisa, que belo post, esse texto, tão verdadeiro…porque como mãe posso dizer que ter filhos é um grande desafio, precisamos estar abertas para viver também as dores e frustrações que inevitavelmente surgem.
    é preciso muita coragem…
    Adoro essa música, excelente escolha.
    bjs e ótima semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiane , eu me tornei uma pessoa melhor depois do nascimento de meus filhos . Comungo com as palavras do autor desconhecido . Filhos são empréstimos divinos . Agradeço a visita e retribuo os votos de boa semana . Beijos

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obrigada pela aprovação , Carlos . Beijos

      Excluir
  4. Lindo texto mesmo e tomara o autor se mostre! bjs, linda semana,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica , seria ideal conhecer o autor do belo texto . Feliz com sua visita . Retribuo seu desejo de linda semana . Beijos

      Excluir
  5. É raro acontecerem esses erros em relação à autoria de textos, mas de vez em quando lá acontece...
    O texto é bom, e qualquer pai e mãe sabe, embora seja difícil por vezes aceitar, que os filhos não nos pertencem.
    Elis Regina será sempre uma escolha acertada!
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura , tenho notado na web muitos textos erroneamente atribuídos a Clarice Lispector , Luis Fernando Veríssimo e Fernando Sabino , entre outros . Há pessoas que não tem cuidado de checar o que recebem e vão publicando de qualquer maneira . Gosto do texto postado e ficaria satisfeita em saber sua autoria . A música , na voz de Elis Regina me toca fundo . Sua visita me deixa feliz . Obrigada . Beijos

      Excluir
  6. "Filhos... Filhos? / Melhor não tê-los! / Mas se não os temos / Como sabê-los? Se não os temos / Que de consulta / Quanto silêncio / Como os queremos!", já dizia Vinicius de Moraes. Tê-los é uma dádiva, sem dúvida. Como é vê-lo nas águas espelhadas e vê-los deslizar como barcos se afastando...
    Beijos, Marisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com tudo , José Carlos . Obrigada , sempre . Beijos

      Excluir
  7. Bom dia Marisa,
    Tem razão, vê-se muitos textos, ou excertos com atribuição errada da autoria.
    Também já li este texto há bastante tempo, e não achei que tivesse a assinatura de Saramago, "não me cheirou" a Saramago. Mas é um belo texto: «Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que
    alguém pode ter , porque é se expor a todo tipo de
    dor , principalmente da incerteza de estar agindo
    corretamente... » - coragem e risco, sem direito a seguro.
    Bjo amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carmem , me alegra sua visita e comentário . Beijos

      Excluir
  8. Olá,Marisa...
    O empréstimo que Deus nos deu é muito valioso para nós...e a experiência de ser pais nos mostra que somos capazes de superar qualquer situação...
    sim, é verdade, já tinha lido este texto publicado ( e atribuído à ) e sempre tinha a percepção que não tinha muito a ver com o estilo do Saramago...inclusive , quando li a Nota da Fundação , acho que foi no Facebook, pesquisei nesse mundão da Web e nunca consegui saber o nome do verdadeiro autor, de muito talento e sensibilidade...parabéns à ele!
    Obrigado pelo carinho,bela continuação da semana, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felisberto , todos queremos saber o autor de tão bela definição de filho . Agradeço sua vinda . Beijos

      Excluir
  9. Nunca acreditei que fosse de Saramago, pessoa contida demais para escrever um texto assim - além de que teve problemas sérios de relacionamento com a filha.

    Foi bom relembrar a grande voz de Elis.

    Vi esta semana na RTP- II uma entrevista com Ivan Lis : fiquei encantada com a sua maneira de estar e o seu humor.

    Além disso, sempre o apreciei como cantor e, com a idade, se tornou bonito

    Marisa, abraço grande :)

    ResponderExcluir
  10. Concordo com você em todo o exposto , São . Me alegra demais sua companhia . Beijos

    ResponderExcluir
  11. OI MARISA!
    TEXTO BELÍSSIMO E A VOZ DE NOSSA SAUDOSA ELIS ENCANTANDO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo assim , Zilani . Obrigada . Beijos

      Excluir
  12. Tener Hijos siempre representa un desafío lleno de incertidumbres y de certezas fiables. Es un continuo aprender y enseñar...Es un conjunto de consejos y vivencias. Es una especie de espejo en el que nos veremos reflejados en la posterioridad. Precioso Texto y lleno de razón por que todo en esta Vida es un préstamo.
    En Octubre volveré a activar mi blog.
    Te echaba de menos.
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Obrigada pelas palavras , Pedro Luis . Beijos

    ResponderExcluir
  14. Verdade, Marisa, ser pai e mãe é um ato de coragem quando se tem muito amor dentro de si para dar a uma outra pessoa que é seu sangue. É muita responsabilidade.

    Sobre confusoes sobre autores de textos, frases, etc, costuma acontece mesmo, porque basta um engano para passar adiante um autor errado.

    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um ato de coragem que vale a pena , não é ?
      Saudade de você , Sissym .
      Beijos

      Excluir