sábado, 31 de outubro de 2015

113 º ANIVERSÁRIO DE DRUMMOND

Pascal  Roy

" Desejo  a  você 
Fruto do mato
Cheiro de jardim 
Namoro no portão
Domingo sem chuva 
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme de Carlitos 
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos 
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver  a Banda passar
Noite de Lua Cheia 
Rever uma velha amizade 
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca , nem jamais e adeus .
Rir como criança 
Ouvir canto de passarinho
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal 
Tomar banho de cachoeira 
Pegar um bronzeado legal
Aprender uma nova canção
Queijo com goiabada
Pôr do Sol na roça 
Uma festa
Um violão 
Uma seresta 
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria 
Uma tarde amena 
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona 
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu ."

Carlos Drummond de Andrade,
no poema " Desejos "

Som  na caixa ...

   

18 comentários:

  1. Belo poema e homenagem ao grande poeta! bjs, chica e ótimo fds!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica ,
      Ele merece todas as homenagens , concorda ?
      Beijos

      Excluir
  2. Respostas
    1. Isto mesmo , Carlos .
      Drummond é tudo de bom .
      Beijos

      Excluir
  3. E que mais se pode desejar?...Vinho, bolero de Ravel, e muito carinho depois de um pôr de sol na roça.
    C. Drummond de Andrade deixou de facto poesia de excelência.
    E adequadíssima a escolha da música, é claro!
    Bom fim de semana, Marisa.
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Laura , os desejos do poeta são sempre carinhosos .
      Obrigada pela presença .
      Beijos

      Excluir
  4. Um aniversário que comemoro com imensa satisfação.

    Um bom final de semana, Marisa :)

    ResponderExcluir
  5. Querida amiga Marisa

    Perdoe-me a ausência.
    Final de ano, para quem ensina
    o tempo fica curto,
    mas estamos sempre visitando
    espaços preciosos que nos fazem tão bem.

    Gostaria de convidá-la a visitar o meu blog
    www.sonhosdeumprofessor.blogspot.com
    onde postei uma entrevista que fiz recentemente
    e que está sendo vinculada na mídia de Fortaleza.

    É também uma forma de entender a forma
    que penso a Educação que acredito
    e a qual dedico a minha vida.

    Um imenso abraço.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aluisio , meu amigo

      Complementando o que deixei registrado no seu blog , acredito serem felizes os que tem o dom de ensinar .
      Obrigada pela visita e parabéns pela entrevista.
      Abraços

      Excluir
  6. Que boa lembrança, Marisa...
    O poema é lindo.
    Ótimo final de semana!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lindo , sim .
      Drummond é um presente a todos nós .
      Beijos , Cristiane

      Excluir
  7. Gostei muito tanto do poema como da música.

    Bem haja, Marisa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que minha escolha tenha lhe agradado, São .
      Beijos

      Excluir
  8. Viva!
    Um poema do grandioso Drummond que
    expressa todos os nossos desejos,
    com a mais bela poesia...
    Que presente adorável, poema do
    Drummond com o vídeo desta
    música divina (bolero de Ravel)...
    Muito obrigada, querida Marisa!
    Beijinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que agradeço , Suzete .
      Ter a companhia de amigos que estão na mesma sintonia é dádiva divina .
      Beijos

      Excluir
  9. Drummond para mim foi o melhor poeta.Suas palavras transmitem sua grandiosidade.Veja que poema fantástico você citou...
    bjs

    ResponderExcluir
  10. É uma alegria tê-la neste espaço, Gleise . Drummond encanta a todos . Beijos .

    ResponderExcluir