segunda-feira, 19 de novembro de 2012

AÍ DAQUELES

Alberto Seveso
 
 
"  aí  daqueles
que se amaram sem nenhuma briga
aqueles que deixaram que a mágoa nova
virasse  chaga  antiga
aí daqueles que se amaram
sem saber que amar é feito pão em casa
e que a pedra só não voa
porque não quer
não porque não tem asa ."
 
 
Paulo  Leminski

12 comentários:

  1. Bem, eu encontrei! Todos os bons pensamentos no início da semana! Belos pensamentos...

    ResponderExcluir
  2. Una imagen muy bonita,y un poema talentoso.
    Saludos Marisa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom ter gostado , Juan José Pedro .
      Obrigada .
      Beijos

      Excluir
  3. Oi, Marisa.
    Adoro os poemas do Leminski e também da Alice Ruiz.
    Boa semana para você.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eles são ótimos mesmo , não é , Nidia ?
      Gostei da visita , obrigada .
      Beijos

      Excluir
  4. Respostas
    1. Fico contente que tenha gostado , Ricardo .
      Obrigada .
      Beijos

      Excluir
  5. Olá!Bom dia!
    Marisa!
    eu não sou daqueles...porque
    "Nunca cometo o mesmo erro
    duas vezes
    já cometo duas três
    quatro cinco seis
    até esse erro aprender
    que só o erro tem vez."
    (Paulo Leminski)
    Obrigado!
    ótima semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário com outro poema do Leminski , é muito bom , Felisberto .
      Obrigada .
      Beijos

      Excluir
  6. Ola querida Mariza,Uma foto encantadoramente "sui generis" e um belo poema de Leminski,que mais poderemos desejar?Muito bom-gosto pelas escolhas.Beijus......SU

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom ter gostado , Suzane .
      Obrigada pelo comentário e visita .
      Beijos

      Excluir